• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    •  IMG 1869
    •  Foto fachada
    • Natal 1
    • 408
    • banner portal
    •  
    • Em nota, MPT-MS repudia a votação das “10 Medidas contra a Corrupção”, ocorrida na Câmara dos Deputados. "Presenciamos na calada da noite um verdadeiro GOLPE contra o Estado Democrático de Direito e o interesse público, distanciando-nos não só do combate à corrupção e ao crime, mas inviabilizando a força investigativa do Ministério Público e do Judiciário contra qualquer tipo de irregularidade, seja no âmbito da repressão ao trabalho escravo, às fraudes trabalhistas, à discriminação, ao trabalho infantil", declarou o procurador-chefe Hiran Sebastião Meneghelli Filho.
    • Ministério Público do Trabalho inaugura sede própria em Três Lagoas. Novo edifício conta com salas mais amplas, acessibilidade e localização de fácil acesso ao público externo.
    • MPT-MS adere à campanha "Compartilhe o Natal". Objetivo é arrecadar brinquedos para crianças e adolescentes carentes. Participe, doe alegria e cidadania!
    • Comissão de Gestão Socioambiental contabiliza mais de 2,5 mil kg de resíduos recolhidos nos últimos 12 meses. Equipe pretende, agora, ampliar a lista de produtos arrecadados com esponja e óleo de cozinha. Material é recolhido pela Solurb, que o repassa aos seus cooperados.

    Fibria-MS é condenada por dano moral coletivo em R$ 2 milhões

    Quantia deverá beneficiar a comunidade atingida de Três Lagoas por meio de relevantes serviços sociais

    05/12/2016 - Após ação ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul (MPT-MS), a Justiça condenou a empresa Fibria-MS Celulose Sul-Mato-Grossense Ltda, sediada em Três Lagoas, por terceirização ilícita das atividades de manuseio, plantio, cultivo, cuidados e corte do eucalipto para a produção da celulose. Na decisão, a juíza do Trabalho Patrícia Balbuena de Oliveira Bello considerou que essas atividades fazem parte do processo de produção da celulose, que é o objetivo central da empresa e, portanto, devem ser caracterizadas como atividade-fim.

    Imprimir

    Julgamento no STF sobre uso do amianto ameaça trabalhador

    Decisões podem ampliar a exposição à fibra mineral e aumentar casos de doenças cancerígenas e pulmonares

    Brasília, 21/11/2016 - Está previsto para esta quarta-feira (23), no Supremo Tribunal Federal (STF), o julgamento de ações que questionam a constitucionalidade de leis que proíbem o uso do amianto na fabricação e comercialização de produtos nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Pernambuco e no município de São Paulo. Caso as leis sejam declaradas inconstitucionais, mais pessoas serão expostas à fibra causadora de vários tipos de câncer e da asbestose, doença pulmonar crônica decorrente da inalação do pó de amianto. Serão julgadas as Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) nº 3356, 3357 e 3937 e a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) nº 109.

    Imprimir

    Controle na atividade de transporte rodoviário e ação civil pública são temas do Fórum de Integração Trabalhista

    Evento busca apresentar políticas públicas e iniciativas dos setores produtivos voltadas aos trabalhadores e às empresas

    17/11/2016 - Os procuradores do Trabalho Hiran Sebastião Meneghelli Filho e Paulo Douglas Almeida de Moraes irão abordar os temas “Ação civil pública trabalhista” e “Diagnóstico e atuação dos órgãos de fiscalização e controle na atividade de transporte rodoviário” durante o 1º Fórum de Integração Trabalhista, que ocorrerá no período de 22 a 25 de novembro na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • socioambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos